Make your own free website on Tripod.com
TUDO SOBRE CINEMA, MUSICA E BD

MC&BD -Rua D. Afonso Henriques, Nº1539 2-dto 4425-636 Pedrouços-Maia

POSTERS TAMANHO GRANDE MINIPOSTERS
FOTOGRAFIAS 15x10cm FOTOGRAFIAS 25x20cm
PHOTOSETS (CONJUNTOS DE FOTOS DE FILMES POSTERS ORIGINAIS DE CINEMA
POSTAIS AUTOCOLANTES
PIN'S PORTA-CHAVES
LIVROS DE/E SOBRE CINEMA BANDA DESENHADA
CARTAS DE JOGAR E COLECIONAR OUTROS ITEMS



AMANHECER

Novela

«Amanhecer»





  • Produção:Fealmar

  • Ano: 2002

  • Origem:Portugal

  • Sinopse: Clara, uma jovem natural da região do Douro, muda-se para Lisboa grávida. Depois da criança nascer, não deixa o pai do seu filho aproximar-se, mantendo-o sempre à distância. Contudo Luís Carlos, um professor do ensino secundário, natural da mesma terra que Clara, nunca deixou de lhe mandar metade do seu parco ordenado para a ajudar a sustentar o seu filho João, ao longo dos seus doze anos de vida. A história de Amanhecer começa num hospital, com João segurando o irmão, Pedro, ao colo. João está nervoso e apreensivo por ninguém lhe dar notícias sobre a mãe. Surge um médico que lhe diz que Clara terá que ficar no hospital e lhe pergunta pelo pai. João não sabe o que dizer e acaba por responder que só viu o pai duas vezes mas que a mãe certamente saberá como contactá-lo. Luís Carlos recebe um telefonema do hospital no qual é informado de que Clara está internada em estado grave e que vai ser operada de urgência mas precisa de falar com ele antes de entrar no bloco operatório. De Mafra, local onde se estabeleceu, Luís Carlos precipita-se para Lisboa e encontra Clara no serviço pré-operatório. É informado de que ela tem um quisto na cabeça e que vai ser operada para o retirar antes que este rebente e lhe cause um mal maior. Clara pede-lhe que tome conta do seu filho enquanto ela estiver no hospital pois não tem mais ninguém a quem o confiar. Luís Carlos acede, embora não o conheça minimamente pois Clara não lhe deu muitas oportunidades de privar com ele. Numa maca, a caminho da sala de operações, Clara pede para falar mais uma vez com Luís Carlos e faz-lhe prometer que vai tomar bem conta de João ... antes de se despedirem, sussura-lhe ao ouvido: Ele não é teu filho! Luís Carlos fica atónito com a revelação e nessa mesma noite vai falar com Anabela, uma prostituta amiga de Clara. Ao vê-la, fica claramente perturbado com a sua beleza e logo se apaixona por ela. No entanto, Anabela não lhe presta grande ajuda pois apenas sabe que Clara já veio grávida para Lisboa e que sempre afirmou ser ele o pai do seu filho, mas sugere-lhe que vá à terra e tente descobrir a verdade. No dia seguinte, no hospital, Luís Carlos é informado pelo médico de que Clara entrou em coma após a operação. A indefinição do estado de saúde de Clara e a terrível revelação que ela lhe fez levam Luís Carlos a partir para o Douro, a terra natal de ambos, procurando descobrir o verdadeiro pai de João. Descobre não um mas quatro homens que podem ser considerados suspeitos de ser o pai de João! E acaba por descobrir também segredos acerca da sua família há muito escondidos…! Em Lisboa, Clara sai de coma mas fica incapacitada. João assume então uma tarefa digna de titãs: é ele que vai tentar trazer a mãe de volta à vida. Vai reensiná-la a falar, a andar, a reconhecer os locais onde anteriormente se movia e até a escrever. Paralelamente, João pretende reconstruir a sua família, fazendo tudo o que está ao seu alcance para que Luís Carlos se aproxime de Clara e se apaixone por ela…! No entanto ele está irremediavelmente apaixonado por Anabela e não pretende abdicar desse sentimento…!



    LOCAL PARA AS VOSSAS CRÍTICAS E COMENTÁRIOS DE SÉRIES E PROGRAMAS DE T.V.





      Isabel Fortunato, Portimão, 19/11/2002

      Sou uma apreciadora de este tipo de ficção, e Portugal evoluiu muito nos últimos anos em relação à qualidade e atrevo-me a dizer, à quantidade. Quanto à quantidade acho que se exagerou, mas na qualidade nunca é demais renovar as minhas felicitações a todos os que se envolvem em produzir telenovelas. Sou uma espectadora assídua, e esta é a minha novela favorita do momento, com um enredo muito bem elaborado e uma perspectiva muito portuguesa do dia-a-dia. Estão todos muito bem. Continuem assim.



      Marta Pinheiro, Lisboa, 18/11/2002

      Uma novela com uma qualidade acima da média, com interpretações muito bem desenhadas, com uma história que não cai em banalidades, e acima de tudo, um elenco de grandes actores e actrizes. Fossem todas as telenovelas assim...



      Esperamos pela sua colaboração/participação





      (A)(B)(C)(D)(E)(F)(G)(H)(I)(J)(K)(L)(M)(N)(O)(P)(Q)(R)(S)(T)(U)(V)(X)(W)(Y)(Z)

      VOLTAR PAG. INICIAL CRÍTICA/COMENTÁRIOS DE TV

      VOLTAR PAG. INICIAL