Make your own free website on Tripod.com

UM MUNDO DE CINEMA, MÚSICA, TV E BANDA DESENHADA

Posters Tamanho Grande // Miniposters // Posters Originais Cinema // Fotografias 15x10cm // Fotografias 25x20cm// Photosets // Postais // Autocolantes // Pins // Portachaves// Livros de/e Sobre Cinema // Banda Desenhada

Bem vindo à nossa base de dados de filmes

FILMES

O MAR

Título Original: El Mar

Ano: 2000

País: Espanha

Realizador: Agustín Villaronga

    Actores:

  • BRUNO BERGONZINI ~~~~~~~~~ Manuel Tur

  • ROGER CASAMAJOR ~~~~~~~~ Andreu Ramallo

  • ANTONIA TORRENS ~~~~~~~~~~ Francisca

  • ANGELA MOLINA ~~~~~~~~~~~~ Carmen

  • SIMON ANDREU ~~~~~~~~~~~~~ Alcantara

  • JULI MIRA ~~~~~~~~~~~~~~~~~~ Eugeni Morell

  • HERNAN GONZALES ~~~~~~~~~ Galindo

  • DAVID LOZANO ~~~~~~~~~~~~~ Tur (criança)

  • NILO MUR ~~~~~~~~~~~~~~~~~~ Ramallo (criança)

  • VICTORIA VERGER ~~~~~~~~~~~ Francisca (criança)



  • Argumento ~~~~~~ TONI ALOYBIEL MESQUIDAAGUSTÍ VILLARONGA

  • Baseado na obra de ~~~~~ BLAI BONET

  • Fotografia ~~~~~~~~~~~~ JAUME PERACAULA

  • Som ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ SALVADOR MAYOLAS

  • Montagem ~~~~~~~~~~~~~~~ RAUL ROMAN

  • Música Original ~~~~~~~~ JAVIER NAVARRETE

  • Produtores ~~~~~~~~~~~~~ LLUIS FERRANDOISONA PASSOLAPAULO BRANCO

  • Guarda-Roupa ~~~~~~~~~~~ MERCE PALOMA

  • Maquilhagem e Cabelos ~~ ALMA CASALSATURNINO MERINO

  • Data de Estreia: 22-02-2002

    Minutos: 111

    Resumo:

    Foi assim que as nossas vidas começaram. Era o nosso mundo inicial, as nossas primeiras raízes e as nossas primeiras percepções. Senhor, poupe-nos da Vossa justiça impiedosa. Lembrai-vos que nós somos crianças da guerra... Mallorca, 1936. Três crianças testemunham a violência infligida aos adultos durante a guerra civil. Depois do assassinato do pai de uma das crianças, Ramallo, Tur e Francisca assistem à vingança desta morte num camarada. Um acto cruel, um homicídio que vai assombrá-los para sempre... Dez anos depois, os três amigos encontram-se num sanatório. Francisca tornou-se freira e trata agora dos doentes, acompanhando-os quase até à sua fase terminal. Ramallo tornou-se num homem charmoso e rebelde, com uma propensão para a violência e um desejo sexual infinito. Sonha tornar-se um só com o mar, que representa para ele um estado de silêncio e de pureza. Apesar do seu lado violento, Ramallo não é insensível às frustrações físicas do seu amigo Tur. Ele procura apoio na compassiva Carmen, a mulher do porteiro do sanatório. A atenção que Carmen desperta nos rapazes doentes resulta em desejos que ela própria tem dificuldade em controlar. À medida que a doença piora, Tur fecha-se num sentimento religioso absoluto. Mas as suas orações não podem curar a tuberculose... nem controlar os desejos inconfessáveis por Ramallo...



      Critícas dos visitantes do Site:





      Título do filme Nome do crítico Cidade Data da Crítica
      Mar (O) João Pedro Machado Ermesinde 9/28/2002

      “O MAR”, de Agustí Villaronga CLASSIFICAÇÃO: **** (Muito Bom) “O Mar” faz-me lembrar os filmes que, há uns anos, na minha adolescência, passavam na RTP2 a altas horas (por vezes, às 2, 3 da manhã; nessa altura, eu conseguia, com facilidade, ficar acordado até muito tarde... hoje, não posso dizer o mesmo) e me fizeram descobrir o meu gosto pelo cinema dito “de qualidade”. Eram filmes europeus, pesados, de uma enorme melancolia e intensidade, que ousavam abordar e filmar aquilo que a maioria dos realizadores populares eram incapazes (depois, conheci o cinema independente norte-americano, que se consegue aproximar deste universo, apesar de nunca atingir a mesma brutalidade e realismo). Pensei que já não se faziam filmes destes; afinal, estava enganado... Não me apetece falar da narrativa; interessa-me mais a mensagem: o sentimento de culpa é terrivelmente destrutivo! A pulsão de vida e a pulsão de morte num filme impressionante, que aconselho vivamente!





      Esperamos a vossa colaboração





      VOLTAR CRÍTICAS DE FILMES

      VOLTAR PAG. INICIAL