Make your own free website on Tripod.com

UM MUNDO DE CINEMA, MÚSICA, TV E BANDA DESENHADA

Posters Tamanho Grande // Miniposters // Posters Originais Cinema // Fotografias 15x10cm // Fotografias 25x20cm// Photosets // Postais // Autocolantes // Pins // Portachaves// Livros de/e Sobre Cinema // Banda Desenhada

Bem vindo à nossa base de dados de filmes

FILMES

DELFIM (O)

Título Original: Delfim (O)

Ano: 2002

País: Portugal

Realizador: Fernando Lopes

    Actores:

  • Rogério Samora

  • Alexandra Lencastre

  • Rui Morrison

  • Isabel Ruth

  • Miguel Guilherme

  • Baseado na obra de JOSÉ CARDOSO PIRES

  • Argumento VASCO PULIDO VALENTE

  • Colaboração MARIA JOÃO SEIXAS FERNANDO LOPES

  • Imagem EDUARDO SERRA (AIP)

  • Direcção Artística MARIA JOSÉ BRANCO

  • Som PHILIPE MOREL GÉRARD ROUSSEAU

  • Montagem JACQUES WITTA

  • Produzido por PAULO BRANCO

  • Uma co-produção MADRAGOA FILMES GEMINI FILMS RTP - Radiotelevisão Portuguesa Com a participação de ICAM - Instituto de Cinema, Audiovisual e Multimédia Instituto Camões

  • Data de Estreia 19-04-2002

    Minutos: 83

    Resumo:

    Portugal, finais dos anos 60. Tomás Palma Bravo, o Delfim, o Infante, é o herdeiro de um mundo em decomposição. É ele o dono da Lagoa, da Gafeira, de Maria das Mercês, sua mulher infecunda, de Domingos, seu criado preto e maneta, de um mastim e de um "Jaguar E", que o leva da Gafeira a Lisboa e às putas. Um caçador, detective e narrador, que todos os anos volta à Lagoa para caçar patos reais, descobre, um ano depois, que Domingos apareceu morto na cama do casal Palma Bravo e que Maria das Mercês apareceu a boiar na Lagoa. Quanto a Tomás Palma Bravo e ao mastim, dizem-lhe que desapareceram sem deixar rasto. E que da neblina da Lagoa se ouvem agora misteriosos latidos.

      Critícas dos visitantes do Site:





      Título do filme Nome do crítico Cidade Data da Crítica
      Delfim (O) João Pedro Machado Ermesinde 9/28/2002

      “O DELFIM”, de Fernando Lopes CLASSIFICAÇÃO: ***** (Excelente) Uma obra-prima! De facto, tudo parece estar no lugar certo, a realização é de uma minúcia rara, facilitada por um argumento que se cinge ao essencial (magnífico trabalho de condensação de um romance literário por parte de Vasco Pulido Valente, com ajuda da fascinante Maria João Seixas). A fotografia de Eduardo Serra (para quem não sabe, este “fotógrafo” português já foi nomeado para o óscar pelo filme “The Wings of the Dove – As Asas do Amor” e foi o responsável pela deslumbrante fotografia do filme “Unbreakable - O Protegido”) contribui para um resultado final próximo da perfeição. Os actores são também fabulosos, com destaque para os protagonistas (Alexandra Lencastre surpreendeu-me pela positiva, num papel que é um óptimo veículo para consagrar uma actriz!).



      Esperamos a vossa colaboração





      VOLTAR CRÍTICAS DE FILMES

      VOLTAR PAG. INICIAL