Make your own free website on Tripod.com

UM MUNDO DE CINEMA, MÚSICA, TV E BANDA DESENHADA

Posters Tamanho Grande // Miniposters // Posters Originais Cinema // Fotografias 15x10cm // Fotografias 25x20cm// Photosets // Postais // Autocolantes // Pins // Portachaves// Livros de/e Sobre Cinema // Banda Desenhada

Bem vindo à nossa base de dados de filmes

FILMES

INTERVENÇÃO DIVINA

Título Original: Yadon ilaheyya

Ano: 2001

País: França, Palestina

Realizador: Elia Suleiman

    Actores:

  • Elia Suleiman

  • Manal Khader



  • Género: Drama, Guerra

    Minutos: 100

    Resumo:

    Em Nazaré, sob a aparência da normalidade, a cidade está a ficar louca. Um homem, cuja empresa está em perigo, tenta agarrar as coisas, de modo a quebrar o círculo das discussões. Mas só consegue destruir-se a si próprio. Este homem é o pai de E.S. Entretanto, cresce uma história de amor entre um palestino que vive em Jerusalém e uma palestina de Ramallah. O homem - E.S. - divide-se entre este amor e o pai doente, tentando manter os dois vivos. Devido à situação política, a liberdade de movimentos da mulher pára no controlo militar israelita situado entre as duas cidades. Os dois amantes não podem passá-lo e só encontram um pouco de intimidade num parque de estacionamento deserto junto ao posto. Na incapacidade de escapar à realidade da ocupação, o seu desejo vai dar origem a violentas repercussões.



      Critícas dos visitantes do Site:





      Título do filme Nome do crítico Cidade Data da Crítica
      Intervenção Divina João Pedro Machado Ermesinde 09/01/2003

      “INTERVENÇÃO DIVINA”, de Elia Suleiman

      CLASSIFICAÇÃO: **** (Muito Bom)

      É um filme, antes de mais, político (não deixa de ser sintomático que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood tenha recusado a candidatura deste filme para os óscares, com o argumento de que a Palestina não é um país, numa clara demonstração de hostilidade contra os palestinianos, já que é público o apoio incondicional dos E.U.A. à causa israelita). Elia Suleiman, um palestiniano, encena, à sua maneira, o confronto israelo-árabe, servindo-se de várias situações quotidianas, quase todas de carácter humorístico, que lembram Tati, mas também algumas carregadas de melancolia (como a história de amor entre um palestiniano que habita em Jerusalém e uma palestiniana que habita em Ramallah – cidades separadas por uma fronteira guardada por militares israelitas –, só lhes sendo permitido encontrar-se no parque de estacionamento da fronteira). “Intervenção Divina” é um filme visual, quase sem diálogos, mas nem por isso menos tocante. Elia Suleiman consegue imagens deslumbrantes, das quais destaco aquela em que o alvo humano, uma ninja palestiniana, como forma de se proteger das balas que são disparadas contra si, rodopia no ar como um parafuso, deixando as balas a pairar em seu redor... E deixa, para a História do Cinema, uma cena antológica: um balão vermelho com a imagem de Arafat é largado pelo protagonista, atravessa a fronteira pelo ar, perante o olhar incrédulo e desconfiado dos guardas (hilariante o momento em que um dos guardas telefona para o seu superior para o questionar se deve abater o balão que está a TENTAR atravessar a fronteira...!), permitindo que os amantes atravessem a fronteira enquanto os guardas estão distraídos com o balão. Lindíssimas (e provocantes) as imagens do balão com a imagem de Arafat a sobrevoar a cidade de Jerusalém, alcançando a Mesquita de Al-Aqsa, onde não é permitido que Arafat vá.





      Esperamos a vossa colaboração





      VOLTAR CRÍTICAS DE FILMES

      VOLTAR PAG. INICIAL